150417...Ana Denise defende criação da Procuradoria da Mulher em nível Legislativo

14/04 20:46:01 - Politica
150417...Ana Denise defende criação da Procuradoria da Mulher em nível Legislativo

Vereadora Ana Denise PT Horizontina

A vereadora Ana Denise do PT apresentou na Câmara Municipal indicação com pedido de providência ao Departamento Municipal de Trânsito diante da alta velocidade empregada por condutores em trechos da Rua Arnoldo Schneider especialmente entre as ruas Balduino Schneider até as imediações da Quinze de Novembro, onde estão sediados o Colégio Cristo Rei, a Farmácia Básica do Sistema Municipal de Saúde e a própria sede das forças de segurança, Brigada Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

         A edil solicita a colocação de placas de orientação da velocidade permitida, bem como placa de proibida ultrapassagem em toda extensão da Rua Arnoldo Schneider. Justifica que após diversas reclamações e questionamentos, conferiu pessoalmente que muitos motoristas não respeitam os limites de velocidade, sendo diariamente registrados fatos que colocam em risco a vida de quem ocupa esta via publica. A referida rua e utilizada diariamente com grande fluxo de veículos de passeio, transporte escolar e caminhões para facilitar o escoamento da produção de máquinas agrícolas e atualmente deixa a comunidade exposta a situações de perigo.

Procuradoria da Mulher

         Também nesta semana a vereadora petista apresentou proposta para a criação em nível legislativo da Procuradoria da Mulher, conforme Projeto de Resolução Legislativa que anexou a sua proposição.

Destacou Ana, que apesar das mulheres terem conquistado espaço em muitas áreas, a cena política continua predominantemente masculina. A importância de criar a Procuradoria da Mulher Municipal busca primordialmente garantir maior representatividade, visibilidade e destaque às mulheres na política, fortalecer a luta em defesa de seus direitos e sua dignidade.

A Procuradoria irá receber examinar e encaminhar aos órgãos competentes denúncias de violência e discriminação contra as mulheres, fiscalizar e acompanhar a execução de programas de governo, programar campanhas educativas e antidiscriminatórias, promover pesquisas e estudos sobre a violência e discriminação. Irá também organizar eventos para promover debates, para a cooperação com organismos e instituições municipais, estaduais e nacionais, além de orientar e capacitar nossas mulheres.

Entende a vereadora que é preciso destacar a importância da representatividade feminina na política nacional, pois só seremos um país com a sua representação que condiga com a realidade da nossa sociedade se investir nas políticas de gênero e no fortalecimento dos papéis do Legislativo de debater, legislar e fiscalizar, destaca.

LS NOROESTE BAZAR E PAPELARIA