21/02/16..TRÊS DE MAIO: Empresa pede que população separe lixo seco do orgânico para recolhimento

21/02/2016 16:21:10 - Geral
21/02/16..TRÊS DE MAIO: Empresa pede que população separe lixo seco do orgânico para recolhimento

Mário Juliano pede a separação dos dois lixos; seco e orgânico

A empresa NR9 assumiu a coleta e o transporte seletivo do lixo doméstico em Três de Maio a partir de fevereiro. Desde que terminou o contrato com a Lux Tran, em maio do ano passado, a prefeitura havia firmado um contrato emergencial com a empresa Giro Ambiental de Horizontina para não deixar a população sem serviço. A prefeitura vai pagar R$ 80 mil por mês para a empresa fazer a coleta.

Conforme o diretor da nova contratada, engenheiro ambiental, Mário Juliano Nunes Gaertner, o calendário de recolhimento não sofrerá mudanças.  No centro a coleta vai ser realizada todos os dias e nos bairros três vezes por semana. Serão utilizados três caminhões.

Gaertner afirma, no entanto, que vai cumprir rigorosamente o que está previsto no edital. Assim, ele pede que a população separe o lixo seco do orgânico e coloque as sacolas plásticas nas lixeiras ou calçadas nos dias certos a fim de facilitar o trabalho:

“Como era um contrato emergencial, a empresa anterior muitas vezes até dava uma “colher de chá” e recolhia os dois tipos de lixo para evitar o acúmulo na rua. Mas agora isso é impossível. Pedimos que a população respeite o calendário de recolhimento que vinha sendo adotado”, pediu o empresário.

Um dos problemas verificados nestes 16 dias que a empresa está fazendo a coleta em Três de Maio é a inexistência de lixeiras com cores diferentes para identificar o lixo. Essa identificação do lixo doméstico também agilizaria o trabalho dos garis.

SICREDI COOPERAÇÃO PREMIADA