23/10/15...Polícia Civil prende dois suspeitos de feminicídio em Horizontina

23/10/2015 19:03:48 - Policial

Irmãos Luis Felipe e Alan Diego são presos preventivamente

        Os irmãos Alan Diego (25) e Luiz Felipe Heissler (22) foram presos preventivamente nesta sexta-feira (23) pela suposta autoria de um feminicídio íntimo (quando há uma relação de afeto entre a vítima e o agressor) homicídio qualificado e com requintes de crueldade (mutilação e queima do corpo) e ocultação de cadáver, da jovem Jaciele Daiane Santos da Silva de 22 anos, cujos restos mortais foram encontrados concretados em uma churrasqueira, dentro de uma casa na Rua do Mestre, Bairro Industrial, onde moravam os dois suspeitos.

         Alan Diego era ex-companheiro de Jaciele. No último dia 5 de outubro a vitima saiu de casa na Avenida Dahne de Abreu e foi ao encontro de Alan, não mais mantendo contato com os familiares, que horas depois já registraram seu desaparecimento.

         A Polícia Civil imediatamente iniciou diligências que após duas semanas de trabalho para localização da mulher, culminaram com uma varredura minuciosa no imóvel dos irmãos, localizando o corpo escondido e em adiantado estado de decomposição por volta das 22h de sexta-feira.

         Os restos mortais foram recolhidos e encaminhados ao IML de Santa Rosa para exames de identificação e investigação da causa da morte. O sepultamento foi realizado na tarde desta sexta (23) em Vila Cascata.

         Ainda na madrugada de hoje a Delegada de Polícia Beatrice Didier representou pela prisão preventiva dos irmãos que residiam no endereço. Luis Felipe, de 22 anos, foi preso na manhã de sexta-feira (23) e o irmão Alan Diego de 25, se apresentou acompanhado de advogado na tarde do mesmo dia. Os dois prestaram depoimentos durante toda à tarde de hoje e depois foram transferidos para o Presídio Estadual de Santa Rosa.

         Se condenados pela prática do feminicídio os irmãos podem pegar de 12 a 30 anos de reclusão, pena aumentada pela ocultação do cadáver e outros detalhes que ainda estão sendo diligenciados.

         A Delegada de Polícia analisou no final da tarde desta sexta-feira (23)_em coletiva o trabalho realizado pela sua equipe de investigação. Ela agradeceu a comunidade que no decorrer dos dias trouxe informações e solicitou, que caso, alguém saiba detalhes, procure a delegacia. O inquérito prossegue, destaca a delegada Beatrice.

 

RÁDIO OLINDA FM/ Paulo R. Staziaki- DRT/RS 7485

Imagens: Jornal Folha Cidade.

 

GIRO AMBIENTAL