24/06/15...MP ouve nesta quarta-feira suspeitos de adulterar queijo em Três de Maio

24/06/2015 13:09:33 - Geral
24/06/15...MP ouve nesta quarta-feira suspeitos de adulterar queijo em Três  de Maio

Foto MP...Queijaria é suspeita de adulteração e sonegação fiscal

O Ministério Público (MP) iniciou nesta quarta-feira (24) a ouvir os suspeitos envolvidos na fraude do queijo. Os depoimentos ocorrem em Três de Maio. Na parte da manhã, o promotor criminal Mauro Rockenbach ouviu os responsáveis pela Laticínios Progresso que foram presos na semana passada: o proprietário Volnei Fritsch, o filho dele e contador, Pedro Fritsch, e um sócio, Eduardo André Ribeiro.

Nesta tarde, irão depor as pessoas que respondem em liberdade: o motorista Arnildo Roesler, o secretário de Agricultura de Três de Maio, Valdir Ortiz, e um fiscal municipal de Estância Velha, Roberto Nardi (este será ouvido no Vale do Sinos). A esposa de um dos envolvidos, suspeita de lavagem de dinheiro, também irá depor.

A Promotoria investiga a comercialização de queijo com farinha e com leite rejeitado pelas indústrias, em alguns casos, inclusive, produto que deveria ser inutilizado, bem como distribuição irregular para mais de vinte cidades gaúchas. A sede da empresa, em Três de Maio, e um depósito, em Ivoti, foram interditados. A permissão era apenas para comercialização em Três de Maio.

O secretário de Agricultura do município três-maiense e o fiscal da prefeitura de Estância Velha, investigados por facilitar o esquema criminoso, foram afastados. O secretário consta até nas despesas mensais da laticínios, asseguram os promotores. Na última sexta-feira, o MP descobriu que até queijo do futuro era produzido, já que a data de fabricação era do dia 19 de junho e o produto foi apreendido dia 13. A denúncia deve ser oferecida até a próxima sexta-feira (26).

SICREDI COOPERAÇÃO PREMIADA