Ações de solidariedade em prol da menina Raissa Victória foram realizadas em São José do Inhacorá

16/10/2015 08:19:24 - Geral

Créditos: Aline Kuhn - Assessora de Comunicação

A menina Raissa Victória de 5 anos mora em São Luiz Gonzaga/RS e é portadora de Epidermólise Bolhosa (EB), uma doença que causa bolhas e feridas por todo o corpo com um simples toque.

A Campanha ‘Para Poder Abraçar – porque ela ainda não pode' começou no início de 2014 e já arrecadou cerca de R$ 1,5 milhão para oferecer tratamento à menina. As contas bancárias, a venda de mais de 35 mil camisetas e outros objetos da campanha e eventos beneficentes são a fonte desta poupança que precisa chegar a US$ 1,5 milhão para custear um tratamento experimental na Universidade de Minnesota, nos EUA.

Para ter uma vida normal como a maioria das crianças, Raíssa precisa fazer um transplante de medula e depois passar mais sete meses fazendo uma espécie de quimioterapia para matar as células causadoras da Epidermólise Bolhosa. Fonte: g1.com.br

Em São José do Inhacorá, no dia 10 de outubro de 2015, junto à Praça municipal Alceu Fernandes, foi realizada e uma ação beneficente em prol da menina Raissa, que contou com a colaboração do clube de jipeiros Knatsch Klub, os quais entregaram uma caixa de coleta da Campanha "Para Poder Abraçar" evidenciada na largada da Trilha Off Road que ocorreu no mesmo dia em São José do Inhacorá. A ação no município inhacorense foi organizada por uma equipe representada por Vanidia Salvador e Justiniana Bueno, apoiadas pela Administração Municipal, que organizaram o movimento da Campanha no município nesta data. 

Houve um expressivo número de participantes que se sensibilizaram e ajudaram através da aquisição de lanches e bebidas que estavam à venda no evento, bem como objetos da campanha e doações de empresas inhacorenses.  No total, foram arrecadados R$ 2.047,00 entre a venda de lanches e os produtos da campanha da menina e R$ 411,00 provenientes de ação de arrecadação do clube de jipeiros Knatsch Klub.

“Um obrigado é pouco para agradecer tamanha solidariedade; é uma corrente de amor se formando em prol da menina Raissa e a dor que a mesma enfrenta”, relatam as organizadoras Vanidia e Justiniana. As organizadoras agradecem também às voluntárias que as apoiaram para que este evento se realizasse.

GIRO AMBIENTAL