Curso de Direito da FEMA conquista nota máxima em avaliação do MEC

04/09/2015 10:14:36 - Educação
Curso de Direito da FEMA conquista nota máxima em avaliação do MEC

Créditos: Divulgação

O curso de Direito, das Faculdades Integradas Machado de Assis (FEMA), conquistou a nota máxima (5) na avaliação do Ministério da Educação (MEC). Para chegar neste conceito, à comissão de avaliadoras do MEC analisou diversos quesitos, entre eles, organização didático-pedagógica, formação profissional, corpo docente e administrativo, infraestrutura e desempenho dos acadêmicos.
O Diretor Geral das Faculdades, administrador Antonio Roberto Lausmann Ternes, garante que o conceito 5, de uma escala de um a cinco, para o Curso de Direito, e os conceitos 4, para o Curso de Ciências Contábeis, conquistado em novembro passado, e para o Processo de Recredenciamento, recebido em agosto deste ano, refletem o comprometimento dos discentes, docentes, coordenadores de curso, funcionários e direção da mantenedora.

“Tais conceitos são resultado de um trabalho de vários anos, frutos do investimento em instalações físicas, biblioteca, capacitação docente, organização acadêmica e, especialmente, da preocupação institucional de procurar sempre oferecer o melhor serviço educacional. A escalada nos conceitos dos cursos superiores das Faculdades Integradas Machado de Assis/FEMA iniciou em 2013 com a conquista do conceito 4 para os Cursos de Gestão de Recursos Humanos e Gestão da Tecnologia da Informação. Tais conceitos refletem o alinhamento da instituição com os interesses da comunidade local e regional, no sentido de proporcionar mais progresso e qualidade de vida as pessoas. Agora, a FEMA está muito mais sólida e com todas as condições para implementar projetos mais ousados e, que, certamente, serão propulsores do desenvolvimento em toda grande região. Temos presente que o sucesso da instituição será tanto maior quanto mais ela conseguir se posicionar como a ponte que liga o aluno ao seu sonho, ressaltou Lausmann.
 O curso de Direito passou por um minucioso e rigoroso processo de avaliação, que iniciou em 2014, quando da abertura do sistema E-mec para o lançamento dos dados do Curso e findou com a visita in loco, ocorrida entre os dias 24 e 26 de agosto.
Para a Coordenadora do Curso de Direito, professora Bianca Tams Diehl, conquistar a nota máxima é um privilégio para toda a comunidade. “Estamos todos de parabéns: os alunos, os professores e os colaboradores da FEMA, Santa Rosa e toda a região. Tal resultado é decorrente de um longo e cuidadoso trabalho desenvolvido por uma equipe de profissionais alinhada, altamente qualificada e, especialmente, envolvida e comprometida com a melhoria constante das atividades realizadas. O momento é de comemorar, mas também de agradecer a todos que caminharam lado a lado conosco durante este processo e que contribuíram de forma significativa para o êxito alcançado.
De fato, tal resultado aumenta bastante a nossa responsabilidade, contudo continuaremos trabalhando focados e empenhados na melhoria constante desse belo curso, que juntos construímos”, declarou emocionada com o resultado
obtido.
A coordenadora adianta que estão preparados para os novos desafios. “Nossos alunos são diferenciados, disciplinados e engajados com o curso. Aderem às nossas atividades bem como aos nossos projetos, o que garante o sucesso dos eventos organizados pelo curso. Do mesmo modo, compartilho sobre os professores: são comprometidos, responsáveis e exemplares. A equipe funciona como uma orquestra, muito harmônica. E como toda boa orquestra, o som produzido é de alta qualidade. A FEMA, realmente, é uma grande família, mas que trabalha de forma profissional”.
O curso de Direito da FEMA iniciou suas atividades no ano de 2006 e oferta 100 vagas anuais no turno da noite. Atualmente, conta com 547 acadêmicos matriculados, que ao longo do curso aliam prática e teoria, participam de diversas atividades acadêmicas, de eventos científicos publicando artigos com os professores, fazem parte de grupos de pesquisa e de extensão e realizam viagens de estudos e visitas técnicas.
Outro diferencial é o Núcleo de Prática Jurídica que conta com uma robusta equipe de professores, todos advogados, que orientam e acompanham o importante momento da caminhada na prática jurídica. As atividades de mediação, arbitragem e conciliação são recorrentes no Escritório de Assistência Jurídica (EAJ), tornando-se um destaque do EAJ.

SICREDI COOPERAÇÃO PREMIADA