Diretor de Cultura avalia evento Primavera de Arte 2015 de Boa Vista do Buricá

06/10/2015 16:17:41 - Geral
Diretor de Cultura avalia evento Primavera de Arte 2015 de Boa Vista do Buricá

Créditos: JB Nardes- Assessor de Comunicação

O Diretor de Cultura da Secretaria Municipal de Cultura, Desporto, Lazer e Turismo – SCUDELT, Jaime Huppes, fez uma avaliação do Primavera de Arte que foi realizado de 27/09 a 03/10 Boa Vista do Buricá.

 

Vimos mais uma vez no “Primavera de Arte” um Evento de sucesso, qual é a receita?

Jaime Huppes: O Primavera de Arte segue uma fórmula simples, agrega manifestações artístico-culturais do nosso município ou região, começando por dar espaço às produções das Oficinas Municipais de Música, Teatro e Dança, e buscando trabalhos similares nos municípios próximos.

Quem são os organizadores e principais parceiros do evento?

Jaime Huppes: Neste ano Município organiza o evento através das Secretarias Municipais de Cultura, Desporto, Lazer e Turismo – SCUDELT, de Educação – SMED e de Agricultura e Meio Ambiente - SMAMA, com o Apoio das Secretarias de Obras e da Assistência Social.

Trabalhamos com a parceria de diversas instituições locais e regionais já mencionadas no material de divulgação e além dessas, Clube Aliança, Lar Bom Pastor, Ginásio São José, Escola Barão do Rio Branco e APAE Raio de Luz, que nos cederam espaços físicos e estrutura para a realização das atividades, e todas as demais escolas que contribuíram com seus trabalhos e apresentações.

É importante mencionar ainda vários municípios da região que se envolveram, enviando trabalhos e apresentações e visitando os espaços do evento.

Qual é o público alvo do evento?

Jaime Huppes: O “Primavera de Arte” pretende abarcar todos os públicos, propondo atividades diversas com relevância, além da artística, social e cultural, proporcionando aos mais diversos públicos, momentos de descontração, fruição e reflexão.

Como a organização avalia o evento em termos de público e qualidade dos eventos?

Jaime Huppes: O público foi surpreendente, como em todas as edições desde 2013, aumentando numericamente e no envolvimento nas propostas da semana, sendo que a cada ano recebemos mais visitantes locais e dos municípios vizinhos. A Feira do Livro, por exemplo, comercializou este ano mais de vinte mil reais em livros em apenas dois dias de feira, apesar do tempo chuvoso. Os espaços para plateia estiveram lotados ou superlotados na maioria das sessões.

Quanto à qualidade das apresentações, apesar de trabalharmos, em sua maioria, com peças de oficias de arte, nosso público pôde conferir peças de extrema qualidade, por vezes melhores do que muitos trabalhos comerciais que circulam no meio. A exposição Internacional de Artes “Primavera sem Fronteiras” que permanece no 2º piso da Prefeitura Municipal até o dia 09 de Outubro, se apresenta como uma das maiores exposições de arte da região. Neste sentido estamos conseguindo proporcionar à população o contato com arte e cultura de alto nível e espaços para discussão e reflexão.

GIRO AMBIENTAL