Fórum para pessoas com deficiência e altas habilidades ocorreu na terça-feira 20 de outubro

23/10/2015 08:45:52 - Eventos e Promoções

Créditos: Caroline Costa - Assessora de Comunicação

Durante todo o dia de terça-feira, 20, ocorreu em Três de Maio o 136º Fórum Permanente da Política Pública Estadual para Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades, no Salão da Comunidade Evangélica São Paulo.

A atividade tem o objetivo de mapear a realidade da acessibilidade e inclusão no âmbito de cada um dos municípios da Associação dos Municípios da Grande Santa Rosa (AMGSR), no qual os gestores municipais apresentam os dados de seus municípios. A realização do evento é da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades no Rio Grande do Sul (FADERS Acessibilidade e Inclusão), com apoio do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COEPEDE), Associação dos Municípios da Grande Santa Rosa (AMGSR), Prefeitura de Três de Maio e Associação dos Deficientes Visuais Nova Vida (ASDEVI).

Na abertura do Fórum, o presidente da FADERS Acessibilidade e Inclusão, Roque Bakof, destacou a importância da acessibilidade no dia a dia. “Quando esse órgão do Estado que é a FADERS vem aos municípios e convida eles para uma reunião na verdade consideramos que aqui estamos dando vida a uma visão de mundo aonde a sociedade deve entender e considerar que a acessibilidade e inclusão é um princípio e um valor de convivência e que embora as pessoas as vezes imaginem que a acessibilidade ela é algo para as pessoas com deficiência eu tenho procurado mostrar que a inclusão que é o objetivo da acessibilidade ela é um valor de congraçamento de uma sociedade e quando todos percebemos ela desta forma nos beneficiamos com o que representa a inclusão, por que na realidade todas as pessoas possuem potencialidades independente da condição com que se comunicam com o mundo, algumas em condições de mobilidade reduzida, por exemplo sem a voz que eu estou aqui utilizando outras sem a visão, mas todos nós com as nossas potencialidades.” Roque ressaltou ainda que esse foi um chamamento para os gestores públicos, lideranças comunitárias para todos pudessem refletir e sair fortalecidos e que esse é o sentido de um fórum permanente.

A prefeita em exercício, Eliane Fischer, agradeceu a presença de todos e enfatizou que o Fórum é uma atividade de participação direta com a comunidade, que tem por finalidade propor, articular, coordenar e promover, em conjunto com a sociedade, a implantação de políticas públicas que garantam a cidadania das pessoas com deficiência e das pessoas com altas habilidades.

Marilu Mourão Pereira diretora técnica da FADERS relatou que esses encontros são de suma importância para conhecer a realidade de cada município além de apresentar aos gestores e lideranças municipais as políticas de direitos das pessoas com deficiência e altas habilidades por que na maioria das vezes os mesmos não acessam as informações por desconhecimento.

Após a solenidade, integrantes da ASDEVI realizaram uma apresentação musical aos presentes. Na sequência, foi dado início ao debate sobre o mapeamento da realidade regional da política pública para pessoas com deficiência. Durante todo o evento, uma intérprete de Libras esteve traduzindo as falas para a linguagem de sinais, para que os deficientes auditivos presentes no evento pudessem acompanhar as atividades.

Além de Três de Maio, estiveram participando do evento representantes dos municípios de: Alecrim, Alegria, Boa Vista do Buricá, Campina das Missões, Horizontina, Independência, Nova Candelária, Novo Machado, Porto Vera Cruz, Santa Rosa, Santo Cristo, São José do Inhacorá, Senador Salgado Filho e Tucunduva.

SICREDI COOPERAÇÃO PREMIADA