HORIZONTINA: 4ª SIEF debateu sobre energias renováveis na FAHOR

17/11/2014 16:45:05 - Tecnologia
HORIZONTINA: 4ª SIEF debateu sobre energias renováveis na FAHOR

Geraldo Lino desafia comunidade científica mundial ao afirmar que aquecimento global é uma fraude

Com o tema “Inovação Tecnológica e Desenvolvimento Sustentável”, a FAHOR promoveu a 4ª SIEF – Semana Internacional de Engenharia e Economia, de 5 a 7 de novembro. A programação contemplou diversas palestras e oficinas com profissionais de renome nacional. E Economista Simone Magalhães abordou sobre perícia econômico-financeira, destacando as implicações e relações de crimes com o trabalho dos economistas, visto que a maioria deles, no final, necessitará intervenção deste profissional. Já o tema “Sistemas renováveis de energia” foi abordado pelo Doutor em Engenharia Elétrica, José Renes Pinheiro, que enfatizou a viabilidade destes sistemas, suas facilidades e influências, comparando com as não renováveis e seus impactos no ambiente.

O carioca Geraldo Lino palestrou sobre o tema de seu livro “A fraude do aquecimento global: como um fenômeno natural foi convertido numa falsa emergência mundial”.  Ele afirma que o aquecimento global é um catastrofismo climático, pois não tem fundamento científico, e somente interessa aos grupos elitistas engajados nas agendas dos limites do crescimento e à industrialização, às grandes ONG’s ambientalistas, aos mercados de créditos de carbono, à mídia motivada pelo sensacionalismo e aos políticos atraídos por votos e impostos verdes. Lino também defendeu que as mudanças climáticas são normais e naturais, precisam acontecer, sendo um sistema cíclico.

Outro tema de extrema importância e que cativou o público foi com o Gerente de Engenharia de Produtos da Agrale, Ricardo Takeo Kuwabara, sobre Nanotecnologia. Takeo disse que esta ciência está revolucionando a pesquisa e o desenvolvimento de novos materiais, permitindo inúmeras descobertas nos campos da Engenharia, Física, Química, Medicina, Eletrônica, visando principalmente o bem estar de todos. Ele citou exemplos de vidros com resistência à quebra e com filtro de raio UV, tecidos que não mancham, tintas de carrocerias que dificilmente riscam e que podem autorregenerar. 

“Custos da Qualidade” foi o tema da última palestra da SIEF, com o Gerente da Qualidade da AGCO do Brasil, Daniel Marchetto Ribeiro, que enfatizou a importância da visão estratégica para prevenção e inspeção para diminuir os custos.

      A SIEF também premiou os melhores trabalhos apresentados em forma oral e em forma de pôster. 

GIRO AMBIENTAL