Horizontina vai sediar a 1ª Jornada do Ser dias 11 e 12/10

01/10/2014 20:06:52 - Saúde
Horizontina vai sediar a 1ª Jornada do Ser dias 11 e 12/10

FOTO ILUSTRATIVA.

A I Jornada do Ser é uma jornada de autoconhecimento, de reflexão sobre os padrões e arquétipos que regem a nossa vida e como eles afetam as diferentes áreas. Conforme as coordenadoras do evento no município Fernanda Sulzbacher e Elizete Franken visa despertar nas pessoas uma nova consciência sobre aspectos tão delicados da vida e do ser, como a forma de se lidar com a doença, com a morte, com a intuição, com as emoções.

 Na nossa sociedade moderna ocidental os aspectos do ser são normalmente fragmentados. Ou se desenvolve o lado mental para obter sucesso e aprendizado e se esquece do corpo, levando ao stress, a depressão e a doença física, ou se supervaloriza o corpo esquecendo-se de cuidar das emoções e do espírito.

Essa delimitação das partes acaba por provocar um sentimento de vazio e de perda, pois se põe mais valor no ter do que no ser, no exterior do que no interior. Na verdade o que precisamos é resgatar a Totalidade do Ser, visando o equilíbrio e essa é a fundamentação ideológica da Jornada.

 As seis oficinas trarão assuntos diversos que vão trabalhar a teoria pertinente, a experiência de vida de cada facilitador naquela área e praticas que visam à harmonia e a conscientização do corpo e das emoções. Assim, trabalhando na integração do corpo, da mente e da alma. Devem participar homens e mulheres que buscam conhecimento sobre sua essência e sua evolução pessoal. As oficinas serão:

- Encarando a morte com facilitadora Lonise Gerstner (POA);

-Yoga com Elizete Franken (HZ);

-Sinfonia da Vida com Marco Antônio dos Santos (POA);

-O Tarô dos Sete Estilos com Kharina Oleksiuk (POA);

-Xamanismo e o Caminho Curador - Fernanda Sulzbacher (HZ);

-Biodanza Deusas Africanas, com Rosa Maria Vieira (POA).

         O local de realização será o Auditório da Escola Municipal Monteiro Lobato nos dias 11 e 12 de outubro (sábado e domingo) com início sábado das 9h ás 19h e domingo das 8h30min ás 14h com investimento de R$ 120,00 por participante. Inscrições e informações pelos fones 9648-6424 ou 3537-1136. Os participantes devem ir de roupas e calçados confortáveis para as práticas das oficinas.

SAIBA MAIS-

SINFONIA DA VIDA;

Marco Antonio dos Santos falará sobre esse pendular entre a Razão e a Emoção nas diferentes fases da vida e o que cada uma representa. Com grande sensibilidade, mostrará como é importante essa reflexão sobre questões existenciais de ‘Quem sou eu?’, “Para onde estou indo?” É uma ótima oportunidade para os homens ouvirem e discutirem sobre aspectos do Masculino.

XAMANISMO

Fernanda D. Sulzbacher falará sobre Xamanismo, e destaca que é a tradição ancestral dos povos nativos que parte do pressuposto de que o Eu não está separado do Todo. Nada do que existe lá fora é sem existir aqui dentro primeiro. Todas as energias estão conectadas e as consciências se cruzam e interagem em campos de vibração o tempo todo. Esta tradição ensina a honrar nossa ancestralidade, nossos guias espirituais, a cuidar de toda forma viva,  pois o meu equilíbrio depende do equilíbrio do Todo. O Xamanismo é conhecido como a Ciencia do Sagrado, pois se utiliza de técnicas de ampliação de consciência e praticas ritualísticas para a busca por conhecimento sobre as dimensões do ser e da consciência, empoderamento pessoal e cura psíquica e física. “Falarei sobre o Arquétipo do Curador que é inerente a todos os seres e de que forma poderemos desenvolver nosso curador interno”.

ENCARANDO A MORTE

Encarando a Morte (Lonise Gerstner) discute como a morte na nossa civilização ocidental ainda é um tabu. Neste workshop Lonise tenta desmistificar esta questão e ir um pouco além: coloca a morte como marco principal da nossa breve passagem no planeta terra e comenta sobre a importância de humanizarmos a morte. A preparação para morte, o auxílio, o respeito, o cuidado com as pessoas que morreram e/ou estão prestes a morrer é fundamental!

TARÔ DOS SETE ESTILOS

(Kharina Oleksiuk): Jung estudou os processos manticos como a astrologia, o I Ching e o taro, entre outros, ciente de que essas seriam formas de acessarmos nosso Inconsciente. Não acreditava neles como forma de prever o futuro, mas de podermos acessar essa parte “escondida” de nós mesmos e conseguiu prova-lo através dos arquétipos e do inconsciente coletivo. Quando nos predispomos e nos entregamos, podemos receber mensagens por outras vias que não sejam as “formais”.

BIODANZA

Biodanza (Rosa Maria Sá Britto Vieira): A Biodanza integra o ser através da dança da vida! O corpo dança, expressa todas as emoções! Um corpo tenso é sede de doenças. A dança traz a sacralidade da vida, da autoestima, do saudável e resgata um novo estilo de viver! Não tem lugar para doença porque a alma esta integrada no pensar e no agir. A pessoa esta inteira e ela pode tudo! Quando dançamos somos inteiros, integrados e saudáveis! Dançamos os 4 elementos, dançamos os deuses e deusas que nos habitam.

Assunto: Saúde

GIRO AMBIENTAL