Início de agosto será de muita chuva em todo o Estado

03/08/2014 22:25:52 - Geral
Início de agosto será de muita chuva em todo o Estado

Foto: Boca de Lobo inteligente não teve vazão suficiente e trecho da Av Tucunduva alagou na sexta.

 

As chuvas do último dia primeiro de agosto foram apenas uma amostra das que acontecerão nos próximos 15 dias em todo o Rio Grande do Sul: muita chuva, umidade e raios. A tendência é demonstrada pela previsão do meteorologista da Defesa Civil Estadual, Flávio Varonne. Se tivermos mais chuvas, pelo menos o frio, que atacou na semana que passou, não dará as caras neste início de mês.

Neste final de semana, as temperaturas estiveram em elevação, com valores superiores a 25 graus centígrados em grande parte das áreas, e que chegaram a 28 e 30 graus em algumas localidades na região Metropolitana, faixa Central e aqui no Noroeste Gaúcho.

Na semana que começa, o deslocamento de duas frentes frias provocará chuva generalizada em todas as regiões. Essa condição permanecerá em toda a primeira quinzena de agosto, que deverá ser marcada por instabilidade e chuva de grandes volumes em grande parte do Estado. Permaneceremos em monitoramento constante e repassaremos qualquer alteração nas condições da atmosfera, garante o meteorologista.

Frio

Mesmo que em menor frequência, algumas massas de ar polar tendem a provocar frio em curtos períodos. “As massas de ar polar chegam ao Estado provocam declínio nas temperaturas por alguns dias e depois a temperatura volta a subir, mas, claro, dentro dos padrões da estação”, explica Varonne. Além disso, no mês de agosto os fenômenos de inverno continuam e ainda haverá registro de temperaturas abaixo de zero e episódios de geada associados aos eventos de frio.

Desabrigados e desalojados

Por conta deste alerta meteorológico, a Defesa Civil manterá suas equipes mobilizadas para qualquer problema que possa ocorrer nas regiões já afetadas pelas cheias do mês de julho. Conforme o último boletim, 2.109 pessoas seguem fora de suas residências, sendo que 387 desabrigadas e 1.722 desalojadas (em casa de amigos ou parentes).

Os R$ 14 milhões liberados pelo Governo Federal e transferidos para a conta do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, já estão disponíveis para o uso dos municípios atingidos pelas chuvas do início do mês de julho para serem utilizados em situações emergenciais. Os recursos foram enviados pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, sendo repassados para as 11 regionais da Defesa Civil Estadual, garantindo o investimento nas ações solicitadas pelas prefeituras. O pagamento será efetuado pelas regionais da Defesa Civil através do Cartão de Defesa Civil.

LS NOROESTE BAZAR E PAPELARIA